Quero me mudar para o exterior. Por onde começo?

Esta pergunta também vale para quem quer mudar de cidade ou estado. São tantas coisas que giram em torno dessa mudança (emprego, moradia, custo de vida, adaptação) que não sabemos nem como dar o primeiro passo. “Começo procurando emprego, apartamento ou vou pra lá nas férias?”. A resposta para isso é a clássica: Depende. Porém, como já possuo uma experiência de me mudar mais de 3x, sendo duas delas de país, posso passar algumas informações e alguns passos que podem ajudar a evitar algumas surpresas (digo “algumas” pois você sempre “descobrirá” algo quando tiver mudado).

O ideal é você ter ido visitar o local para saber se você gosta da rotina, sem pensar em férias. Tentar alugar um AP no Airbnb e experimentar ir ao supermercado, visitar os arredores, para ver se você se sente confortável. Porém, se você não tiver a oportunidade de fazer o experimento acima, pesquise bastante sobre tudo, inclusive:

Vistos: o país que você escolheu é viável para conseguir um visto, isto é, ele é suficientemente aberto à imigrantes? Você pode geralmente encontrar essa informação nos sites dos consulados. Normalmente quando um país oferece vistos de trabalho, eles darão maior preferência à certas profissões que outras, de acordo com a falta de determinada mão de obra no local. Procure listas de profissões preferidas nos sites dos governos e embaixadas. Exemplos: CanadáAustráliaSuíça.

Língua(s): você conhece e fala a língua local? Você ao menos gosta de aprender línguas e é motivado? Isso pode fazer uma enorme diferença para você e quem quer que esteja indo com você. É a sua maior chance de integração. Comece estudando :);

Salário x Impostos: você ás vezes verá aquela vaga perfeita que oferece um salário ótimo, porém você precisa se informar sobre a carga tributária para aquele salário. Ás vezes não parece, mas certos países chegam a tributar até mais de 55%, como é o caso da Dinamarca. Então é importante descobrir o salário líquido e pôr tudo na ponta do lápis;

Salário líquido x Custo de vida: você pode também se atrair por países com um imposto de renda relativamente baixo, como é o caso da Suíça, porém deve estar atento a outros custos obrigatórios e ao provável alto custo de vida que alguns lugares possuem. Nos EUA e Suíça por exemplo, não existe o conceito de saúde pública. Coloque na ponta do lápis os seguros saúde que você e sua família terão que pagar (no caso da Suíça, ele é obrigatório) e as franquias (farei um post em breve sobre isso) onde elas forem relevantes e pesquise o custo de vida desses lugares o mais detalhadamente possível. Um site que eu acho muito bom, que até hoje considero o mais certeiro na medição do custo de vida, é o Numbeo.

Flexibilidade e cabeça aberta: eu também adicionaria “paciência”, pois você pode demorar a fazer amigos e tem que ter uma “disposição extra” para correr atrás das amizades. Ela provavelmente não vai acontecer com a mesma espontaneidade do Brasil e, na Europa principalmente, as pessoas são mais fechadas e formais com as amizades – por exemplo, eles vão marcar em suas agendas um horário para encontrar você, então marque com antecedência e pelamor, não dê bolo – isso é imperdoável. Felizmente a internet pode nos ajudar muito. tente entrar em grupos do Facebook, Meetups. Lá eles organizam vários encontros e eventos para nos ajudar a encontrar amizades e contatos. Lembre-se que não somos os únicos nesse barco :).

Você tem mais dúvidas sobre a busca em geral? Você acha que tem algo importante faltando aqui? Se você acha que sim, sua contribuição será muito apreciada nos comentários. Obrigada.

Você gostou? Compartilhe

Jenninha

Jennifer Strejevitch é Desenvolvedora de Software e Tradutora freelancer. Cidadã Brasileira e Britânica, já morou no Brasil, Reino Unido, Suíça e agora está de volta a Londres. Adora viajar e aprender novos idiomas. "A cada dia que tenho uma experiência nova, seja uma comida, um caminho novo ou uma vista diferente, sinto como este dia tenha valido a pena."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *